A atleta.
3- Principais títulos:
Mundiais: - Campeã mundial juvenil (Irlanda 2000)

- 4 medalhas em Mundiais
3º lugar na Coréia do Sul 2001 | 1º lugar na Espanha 2005 | 3º lugar na China 2007 | 3º lugar Dinamarca 2009)

- Campeã Mundial Universitária (Espanha 2006)

- Vice-campeã Mundial Universitária (EUA 2002)

- Vice-campeã da Copa do Mundo (Japão 2002)
Jogos Olímpicos: - 3 participações olímpicas
Atenas 2004 | Pequim 2008 | Londres 2012

- 4º lugar nas Olimpíadas de Atenas (Grécia 2004)

- 3º lugar nos Jogos Olímpicos de Pequim (China 2008)

- Campeã da Universíade - Olimpíadas Universitárias (Sérvia 2009)
Jogos/Torneios Continentais:
- Vice-campeã dos Jogos Pan-americanos (Brasil-2007)
- Bi-campeã dos Jogos Sul-Americanos (Brasil 2002; Argentina 2006)
- Campeã do I Torneio Ibero-Americano (Espanha 2003)
- Campeã da Seletiva Olímpica Pan-americana (Colômbia 2007)
- Campeã da Seletiva Pan-americana Olímpica (México 2011)

Torneios internacionais:
- 3º lugar no Aberto da Holanda (Holanda 2006)
- Campeã do Aberto da Bélgica (Bélgica 2006)
- Campeã Mundial Universitária (Espanha 2006)
- Campeã do Korea Open International Championships (Coréia do Sul 2006)
- Campeã do Aberto da Alemanha (Alemanha 2008)

Prêmios e distinções
- Primeira e unica campeã mundial;
- Medalhou em todos os campeonatos mundiais que participou;
- Única atleta do taekwondo a ter 3 participações olímpicas (2004/2008/2012);
- Primeira medalhista olímpica da história do taekwondo;
- Eleita melhor atleta de taekwondo pelo Comite Olímpico do Brasil em 2002/03/04/05/06/07/09
- Eleita em 2005 a melhor atleta feminino do país pelo Comitê Olímpico Brasileiro – Prêmio Brasil Olímpico
- Invicta a 10 anos em competições nacionais;
- Única brasileira a liderar o ranking mundial da WTF (Federação Mundial de Taekwondo);
- Integrante do hall da fama do taekwondo;
1- Perfil:
Nome: Natália Falavigna Silva
Data de nascimento: 09/05/1984
Profissão: Especialista em desenvolvimento humano
Formação acadêmica: Graduada em Educação Física, Mestra em exercício físico e promoção na saúde, MBA em gestão estratégica de pessoas

Experiência profissional:
Coordenadora técnica da Confederação Brasileira de Taekwondo Gerente/diretora administrativa de equipes esportivas. Diretora executiva da Academia Natália Falavigna. Consultoria esportiva Comentarista esportiva
2- Carreira / trajetória:
O início -
Natália sempre foi ligada aos esportes, era uma criança muito ativa e adorava esportes. Aos 4 anos de idade disse a sua mãe, Ana Maria, que um dia chegaria aos Jogos Olímpicos. Praticou diversas modalidades, como vôlei, handebol, natação, tênis, entre outras mas aos 14 anos conheceu o taekwondo por intermédio de uma amiga. Logo na primeira aula ficou impressionada com o esporte com aqueles chutes velozes e como dizia com "aqueles atletas pareciam voar"... seu primeiro professor logo notou o DNA esportivo, chamou-a para conversar e disse que treinando com dedicação seria campeã mundial juvenil em 2 anos.

Saindo do anonimato -
A "profecia" se tornaria realidade. Dois anos após entrar na modalidade e treinar com muito afinco Natália se tornou a primeira campeã mundial juvenil do Brasil, título inédito conquistado em Killarney-Irlanda em 2000. Os anos subsequentes foram inúmeras conquistas... além do campeonato mundial juvenil, Natália foi medalhista de bronze no mundial adulto da modalidade com apenas 17 anos, logo seu primeiro ano de seleção brasileira adulto. Vice-campeã da copa do mundo, vice-campeã mundial universitária, campeã sul-americana e ibero-americana nossa atleta chegou a sua primeira participação olímpica credenciada por ter conseguido pódio em todas as competições internacionais que participou nos anos anteriores de preparação. Em Atenas, Natália alcançou o quarto lugar sendo derrotada por Adriana Carmona da Venezuela mas igualando o feito de Aida dos Santos (Tóquio-1964) como o melhor resultado de uma brasileira em provas individuais.

Grandes conquistas -
O quarto lugar não parecia ser suficiente. Ao voltar ao Brasil e planejar um novo ciclo olímpico, Natália muda radicalmente, aprimora suas qualidades e no ano seguinte mais um feito que até então parecia impossível: a conquista do campeonato mundial da modalidade, título este que continua sendo único até hoje! A brasileira venceu os cinco combates disputados no dia 16 de abril e chegou ao topo do mundo! Neste ano Natália é a vencedora do Prêmio Brasil Olímpico, eleita por meio de voto popular como a melhor atleta feminina do país. E não parou por aí... no ano seguinte se torna novamente a primeira campeã mundial universitária do país, além de medalhista pan-americana no Rio em 2007, novamente medalhista no campeonato mundial adulto, campeã do Aberta da Coréia e outras tantas competições. Quando nada mais parece impressionar, mais uma barreira quebrada: Natália se torna a primeira medalhista da história do taekwondo brasilero!!! O fato acontece durante os Jogos Olímpicos de Pequim, no qual a lutadora devasta suas adversárias e chega a mais um resultado histórico para o país

Adversidades e volta por cima -
Apesar de tantos feitos, todas as conquistas tiveram muito suor, dedicação, treinamento e as adversidades foram constantes na carreira. A falta de estrutura esportiva, falta de patrocínio, as lesões foram constantes mas mesmo assim não tiraram Natália do seu foco principal - a de alcançar a excelência e por isso ela lutou contra as adversidades e deu a volta por cima todas as vezes.

Legado -
As conquistas e a postura da atleta para o taekwondo brasileiro mudaram a concepção desse esporte no Brasil. Sua carreira, seus títulos, mas principalmente seus princípios e vlores praticados no cotidiano fizeram dela a melhor atleta brasileira de taekwondo da história. E a cada nova conquista de cada atleta de uma nova geração demonstra que o seu legado continua vivo...
Atleta. Metodologia. Palestras. Midia. Contato. Login.
Historia. Faça Parte. Projeto Social. Academia.
Facebook. Instagram. Youtube.
Natália Falavigna - Todos os Direitos Reservados - Desenvolvido por kous9.com